quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Brevíssima

Ethan assiste a Turma da Mônica no computador. Quando ele comenta sobre as características  de cada personagem, sempre o faz em inglês, incluindo os apelidos. Ele diz que gosta do Spike Boy a.k.a Cebolinha e do Fly Boy, o Anjinho.


Fiquei dias lendo o Breviário das Horas .Descobri o blog na Renata. Tive a mesma sensação ao ler o livro da Fal. Lia os arquivos, e me perguntava, angustiada, se Tá tudo bem agora, né?! Espero que sim.

Estava comentando sobre os jogos, para muitos viciantes, do tipo Saga Crush. Eu tenho uma facilidade incrível de me entediar com jogos. O tédio vem fácil e largo de mão. Nao sei se sou preguiçosa ou tenho outro tipo de defeito de fabrica. Não aprendi a fumar, detesto chocolates, não gosto de refrigerantes, outras drogas não me atraíram, jogos de tabuleiro ou digitais me aborrecem de um tanto. Amo café. Ler e cozinhar. Nunca ficaria entediada de cozinhar.


Essa coisa de ir envelhecendo e não dar importância a gentes que só atrapalha a minha vida, me deixa admirada. Eu só queria me livrar da magoa, do ressentimento e do desejo de vingança. Só isso e, acho que me livrei. Acabou. Ta acabado. Não me faz falta. Não tenho mais vontade de ligar e saber como a pessoa está. Não me preocupo mais. Não busco saber. Não quero saber.


É.

Nenhum comentário:

Postar um comentário