quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

My journal


Minha sogra quer saber se eu já terminei de fazer o diário das férias e, se eu poderia fazer um pequeno resumo em Ingles. Eu estou fazendo cara de 'Oi!' até agora pois, de onde ela tirou a idéia de que eu tenho capacitUde de escrever um journal e em Ingles? Estou queimando os neurônios para relembrar esses quase 3 meses de férias no Brasil e postar algo para os meus amores que passam por aqui.

Eu lembro muito de Brasília. Lá conheci umas moças finíssimas. A Borboleta, Iara, Rita, a amiga de Iara com marido e filho ( piada interna - 'temos algo em comum' ), a Bia ( gente, vá a Brasília e não deixe de conhecer a Bia!)e Daniela. Em BSB eu dormi cada dia na casa de um@ amig@ diferente. Rodei as asas da cidade e as satélites para abraçar amigos e familiares. Meu primo piadista olhou meu menino para eu sair a noite. Ele tem 2 crianças da mesma idade e sobreviveu. Antes, ele disse que ligaria para Biddle e iria soletrar - 'Sua mulher tá na gandaia' - pausadamente.

Em Goiânia encontrei os amigos que fiz na faculdade, conheci minha mais nova sobrinha, Ethan foi paparicado pela mãe n. 2 e fui ao campus para agradecer uma mãozona que uma ex professora me deu. Também pensei que a Skol de Goiás ia acabar e bebi horrores. Fui ao interior baiano e saí até com os gringos que por lá moram. Ethan foi fotografado no alto da serra que dividem os Estados da Bahia e Goiás. Os técninos agricolas que vieram do Sul para lavourar na BA se reproduziram com mocinhas baianas e goianas. Em 2008, eu deixei uns meninos catando pulgão e fazendo contas dos fardões de algodão. Hoje revi homens feitos e com casamentos felizes com meninas que conheci na minha infancia. Do encontro com um rapazinho do Paraná e uma mocinha da BA, nasceu uma menina que eu comecei a chamar de ' a Barbie morena' - na falta de um adjetivo melhor - de tão linda. Espero não ter posto quebranto na criaturinha.

No interior fomos ao casamento de minha irmã. Tão surpresa quanto eu, estavam os meus parentes com a urgência do casal em realizar o casamento civil. Ela passou o rodo em um mocinho de 23 aninhos. Ela tem 33 anos. Passa a régua e abafa o caso. O moço é de Vitória da Conquista ( sim, isso é importante lá no interior) e está apaixonadinho.

Faltando 2 semanas para as férias acabarem, marido chegou para se reunir com a gente. Eu estava louca para ele chegar logo e tomar conta de Ethan. Aquela criança linda que fizemos é mesmo um lindo! Não deu ataque no avião ( presenciamos uma coisinha dando ataque no vôo), não ficou doente, não estranhou ninguém pois, é um largado na vida e, pela manhã tomava banho na areia igual galinha e a tarde estava lameando na bacia igual a um porquinho. Rolou também muita piscina e rio. Foi o momento peixe dele. Lá pelo final do segundo mês me terra brasuca, ele começou a reclamar que queria a casa dele e, um 'Onde está meu pai?', foi ouvida com mais frequencia. Biddle chegou e as coisas ficaram muito mais fáceis.

Tinhamos planos de fazer um passeio a Boipeba. Coisa de um dia. Não rolou. Ficamos uma semana na Praia do Forte, a 70 km de Salvador, e decidimos não arredar pé de lá enquanto a polícia e governo ( que estava saracoteando no Rio enquanto Salvador vivia ataques de bandidos ) não entrassem em acordo. Eles não entraram em acordo até agora, Ivetão cancelou o show dela na Praia do Forte, onde ela tem casa, aliás, e a artista que eu tietei - shame!- foi a Baby Consuelo. Tudo estava bem calmo na Praia do Forte, não teve arrastão e as lojas não foram fechadas.

Falei demais. Postei fotos no FB demais. Chataaaaaaa!


6 comentários:

  1. Como assim chata, me parti de rir e de alegria por você, sua querida. <3

    ResponderExcluir
  2. E nada de eu ter ido lhe ver, né Mari?!:~ É, amiga, não pude mesmo. Preciso ser independente com urgência. Sério.

    ResponderExcluir
  3. Eu acompanhei por fotos. Foi lindo e fiquei feliz por vocês!

    ResponderExcluir
  4. Mari, adorei o relato e ainda mais a foto. Coisa mais rica esse seu menininho!

    ResponderExcluir
  5. Chata sou eu, seus relatos são interessantes, vívidos e divertidos....eu amei cada segundo pertinho de você (e tô amando meu batom vermelho e rabiscando muito, \o/).

    ResponderExcluir
  6. ai, meu deus. tres meses no brasil. eu nem precisaria rodar tanto! chuiffff

    ResponderExcluir