sábado, 12 de março de 2011

Tiquinho de Sin City

Uma coisinha ou outra sobre meu passeio em Las Vegas.

O hotel que ficamos tem um tamanho tão descomunal, que passamos 1 dia e 1 noite entocados lá dentro sem ver a cara do sol. Cassinos gigantes, 20 restaurantes, boates, piscinas, spas. Tudo bem exagerado. Tudo em um único hotel.

Sol para quê se o hotel tem até céu fake.

Aliás, tudo por lá é fake até o falso moralismo bem trabalhado dos americanos que se acham os saidinhos mas, que ainda acredita que Las Vegas é sin city.

Bom, o hotel foi inspirado na cidade de Veneza. Perdida nos imensos corredores, me assustava diarimente com a decoração. E as cópias das pinturas famosas? Tem figura de Papas e outros menos nobres para assustar todo mundo naquele amontoado que eles chamam de décor.

Mas eu nunca vou esquecer o céu fake e os gondoleiros cantando a plenos pulmões. Não tive uma crise de riso, pelo contrário, fiquei menos preocupada de se um dia a verdadeira Veneza afundar, temos o hotel Palazzo em Las Vegas.

No primeiro dia, minha cunhada não se sentiu muito bem mas, nos outros ela conseguiu fazer quase tudo na agenda que ela tinha programado. Ela queria um dia fabuloso para o aniversário dela. Ela teve. Fiquei feliz em vê-la se arrumar para sair depois de passar tanto tempo em casa de pijamas. Infelizmente, ela comeu somente saladinhas nos restaurantes, com comida divina, em que jantamos. Devagarinho, ela conseguiu assistir todo o show de burlesque com a Holly Madison. Ela é fã dos espetáculos inspirados nos anos 50. Depois do show, deixamos ela no hotel e fomos dançar no topo do hotel cassino Rio. Gente, como é bom sair sem as criônças.

O Estado de Nevada é um dos poucos lugares nos EUA (acho que o único) em que a prostituição não é ilegal. A cidade vende sexo mas, de um tempo para cá eles começaram a trabalhar a imagem para receber familias. Ficou assim - tem programação para todas as idades.

No primeiro dia o marido ganhou um boa grana jogando. Nos outros dias ele perdeu tudo. Eu, como sou cabocla mão de vaca, jogava 1 dollar nas maquininhas e só. Os drinks são grátis para quem tá jogando. Então eu tinha um esquema de jogar um dollar e tomar uma Guinness. Não dei prejuízo para o cassino mas, ficamos empatados.

Fiz uma nova amiga no roll de amigas da cunhada. Ela bebe, dança bundinha maluca e na madruga tem crises de mania de perseguição. A criatura é descompensada mas eu me fez dar boas risadas.

E o que você faz no final da noite com um punhado de amigos altinhos no álcool? Inventa de brincar nesta torre onde se pratica bunding jump. A torre tem mais de 60 metros de altura e 3 tipos de brinquedos como nomes sugestivos como'Screming'. Depois de subir pelo elevador (óbvio! dã) e ficar com zumbido nos ouvidos por causa da pressão, me agarrei bravamente ao banquinho e esperei o povo comprar tíquetes e brincar. Eu juro pelos deuses que a torre treme! Juro! Se eu tivesse bebido mais, teria curtido a visão incrível da cidade vista da torre.

Ah, vi muitas noivas, muitas capelas, quase casei novamente desta vez adicionando uma terceira pessoa ao casal e foi isso!




Marido, cunhada e o céu de Veneza do hotel de Las Vegas.




Os gondoleiros, Braseew!

9 comentários:

  1. Mari, não conheço Las Vegas, mas em tudo que vejo me parece o paraíso, levado à sério, do fake. Isso pode se tornar engraçado! Que bom que gostou do passeio.
    bjs
    Jussara

    ResponderExcluir
  2. Mari, o irônico é que alguns gondoleiros de Veneza são menos típicos que esses da fake one. O meu não tinha essas roupas e cantava "madalena, madalena, você é meu bem quereeeeerrr...." e adorava Fortaleza. /o\

    Bj!
    Rita

    ResponderExcluir
  3. Ai Mari! Que vontade de ir à Vegas!! Queria passar uma semana ai e acordar com um leão no banheiro! Adorei!

    ResponderExcluir
  4. Fico feliz pela sua cunhada, materializar anseios é tudo de bom :)

    E fiquei doidinha de vontade de uma gôndola, aí ou em veneza...aí me belisquei e, pronto, fui buscar um café.

    Beijocas e thanks pelo parabéns.

    ResponderExcluir
  5. que coisa assustadora esse ceu fake! lembrei de um despertador que nossos sogros queriam dar pra gente. ele emitia uma luz que imitava os raios do sol, sei la, uma coisa assim... eu hein. bora viver a vida de verdade! (se bem que no caso de vegas, a comparacao eh tosca, deve ter sido louco!). leao na banheira foi foda hahaha

    ResponderExcluir
  6. Rita, ja disse que o `madalena ` entrou pras historias daqui de casa, neahm!

    Se nao fosse enorme e cafona, nao seria Las Vegas. Eu quero muito conhecer a Veneza de verdade mesmo com a multidao sufocante e os pombos fazendo coco no meu cabelo.

    bjs, meninas.

    ResponderExcluir
  7. Nunca sonhei em ir a Vegas, mas confesso que fiquei com vontade de ir. Só não sei quando haha.
    Mas seguirei suas dicas, quando for a cria fica! Bjs

    ResponderExcluir
  8. Eu adorei Vegas! Alias, me casei la, te disse?
    Quero voltar...

    ResponderExcluir
  9. Também adorei! Eu lembro das tuas fotos se arrumando pra casar. Da cinta-liga 'como manda a tradição.

    bjs

    ResponderExcluir