terça-feira, 14 de setembro de 2010

Sem paciência

A pessoa começa dizendo que eu preciso de um cachorro ou de um gato. Quando eu escuto a frase 'you need a pet', sei que a conversa vai descambar para aquela área esquizofrênica da qual eu nunca sei como sair. Geralmente eu digo que não, que eu não quero um animalzinho e começo a listar as razões - coisas como: eu viajo muito e não tenho com quem deixar o animal até o fato de eu ser alérgica a quase tudo neste mundo incluindo aí pêlos de bichanos e tótós! Mas o meu interlocutor não dá ouvidos as minhas razões e começa a listar as razões de porque eu DEVO ter um pet. E diz que tem o animalzinho perfeito para mim não antes de perguntar se eu prefiro cachorros grandes ou os menorzinhos. Aí a esquizofrênia bate geral e é uma ida sem volta. Dá uma vontade de perguntar:


"Pessoa, tu é burra? Tu não entendeu que eu não posso ter um animalzinho? "

E outras infinidades de grosserias das quais eu não consigo tirar de dentro de mim e já desisti de ser a fina. Diante das minhas negativas, a pessoa começa a me perguntar se eu não gosto de animais. Eu nem chego a responder que sim, amo animais,que cheguei até a pensar em ser protetora se não fosse as alergias do cão que eu carrego e tals - que a pessoa já tá lá tirando conclusões precipitadas e tecendo milhões de frases clichês tentando me catequizar no mundo maravilhoso do cães e gatos. Neste momento eu me pergunto porquê não sou uma pessoa zen, espiritualizada, que não se deixa afetar por morons sem noção.

5 comentários:

  1. Eu nao tenho um pet porque nao gosto de bichos, odeio principalmente gato e cachorro. Nao tenho alergia, nao tenho problemas dessa natureza, felizmente, meu lance é que eu nao gosto mesmo e pronto. Estou cansada dessa pressao para ter gato e cachorro, que bicho é melhor que gente, que cachorro é o melhor amigo do homem e todo esse bla bla bla. Respeito quem curte, mas acho uma sacanagem quem nao respeita quem nao gosta. Hoje em dia a paixao por gato e cachorro praticamente virou um culto. Se voce nao curte, voce é ma. Que saco isso! Eu nao me deixo pressionar. Bicho aqui em casa never!

    ResponderExcluir
  2. Hahaha! Substitua a palavra pet por child e tudo se repete do mesmo jeitinho. Eu nao tenho paciencia nenhuma.

    ResponderExcluir
  3. É melhor não gostar ou não poder do que viver com um maltratando ou descuidando.É preciso respeitar o gosto,as impossibilidades,as razões dos outros.

    ResponderExcluir
  4. Eliane, eu lembrei de você na hora que estava aqui desabafando. Ahahaha! A pessoa não pode nem gostar de bicho que já vem a patrulha. É um inferno. Eu adoro animais mas não posso conviver com eles e, se pudesse, talvez eu não os teria porquê eu já tenho um 'bichinho' de 2 anos de idade- Ethan! hihihi!

    Carla, e quando a gente tem o primeiro filho eles começam a perguntar 'quando planejamos ter o próximo'. Quando eu digo que até vasectomia já rolou aqui em casa e que não queremos outro néném, eles olham como se a gente fosse doido e argumenta que 'e se acontece alguma coisa com Ethan...'??? Uai, se acontecer é só ir a China e mandar fabricar outro!!! Só pode! Tem gente atrapalhada demais neste mundo. Vê se isso lá é argumento!

    Anunciação, que graça sua visita! Respeito, é isso que gente que força a barra não tem, né? Já vi gente maluca abandonando gatinho porquê já estava entendiada do bichinho ou, simplesmente não queria mais...

    ResponderExcluir
  5. Além das pessoas praticamente exigerem que tenhamos bichinhos de estimação, elas também querem escolher que tipo de animal é melhor para nós. Já ouvi muitos dizerem que peixes, passarinhos, tartarugas não são dignos de serem animais de estimação já que não entretêm os seres humanos. Tipo assim, não entendo este povo clueless. Já que gostam tanto de bichinhos que se ocupem cuidando deles e deixem os outros em paz.:)

    ResponderExcluir