sábado, 25 de setembro de 2010

Humpf

No Brasil temos a máfia dos partos cesáreos. Nos EUA temos a máfia das fórmulas (a.k.a - leite para recém nascido).

Tanto lá como aqui quem sai perdendo somos nós, as mulheres. Daí as perdas vão se estendendo aos nossos filhos. Ganhamos uma cicatriz na barriga e perdemos a chance de experienciar um parto. Com um sistema de sáude falho e muita gente canalha no meio, resolvemos na nossa cabeça que temos um ziper na barriga. Fazer partos cesáreos passa a ser padrão. Fazer parto normal passa a ser transgressão.


Apesar da alta medicação nos partos, os EUA opta por parto normal.Ter parto normal é padrão e os médicos não contam o conto da carochinha da vagina de lua-de-mel para as pacientes. As mulheres daqui contam com companheiros que as ajudam a parir. Por outro lado infelizmente em uma sociedade puritana, amamentar é visto como um distúrbio. Eu reconheço que um homem tem que ser muito doente para se excitar vendo uma mãe amamentando um bêbê. Pelo visto aqui tem doentes de sobra. Aquelas que são estimuladas a amamentar no peito o fazem com a criança coberta feito múmia. O resultado mais aparente do avanço das fórmulas é o alto índice de alergias entre crianças. Todos saem perdendo menos a Nestlé e todas as fabricantes de mamadeiras.

Eu estou esperando mudanças porquê sou Poliana e fazendo humpf para as reformas que não saem do papel.

Update I - A Clara me deu um toque e fiz uma correção na palavra cesáreo.

Update II - Vagina de lua de mel é uma expressão empregada por muitos obstetras para convencer a paciente de que, se ela fizer parto normal, a vagina ficará 'folgada' com a passagem do bêbê e que ela não vai ter mais o canal vaginal estreitinho tal qual na lua de mel- (supõe-se que as mulheres se casaram virgens e que só na lua de mel é que aconteceu o intercourse)-

7 comentários:

  1. Nossa! Talvez eu nunca tenha ouvido falar no conto da "vagina de lua-de-mel " porque nunca casei, mas em que consiste ele, ein Mari?

    É cada coisa, viu!?

    ResponderExcluir
  2. Uai, eu ouvi falar antes de casar - hihihi- não precisa casar para ouvir falar da 'vagina de lua de mel' não, basta engravidar e ir a um obstetra cesarianista. Ele vai dizer o seguinte - fulaninha, eu não indico que você faça parto normal pois a muscultura da vagina vai ficar 'frouxa' e você terá dificuldades em satisfazer seu marido cacho noivo namorado peguete sexualmente. Taí, se vc não tiver a vagina estreitinha eternamente igual (teoricamente) o seu marido conheceu na lua de mel de vocês , pimba!, o casamento pode acabar porque vc não pode satisfazer seu marido mais...(na cabeça desse tipo de médico, a mulher não gosta de sexo, ela só existe em função de servir o marido, se a vagina está larga (isso não existe, ta. A vagina é um musculo que responde a exercicios tipo o pompoarismo) então o homem não vai mais gostar de fazer sexo com você.

    ResponderExcluir
  3. Glória, se você quiser procriar, procure um macho que nunca tenha ouvido falar em vagina de lua de mel e que se ouviu, não acreditou em tamanha falacia.

    bjkas procê!

    ResponderExcluir
  4. Oi Mari!Tenho dois rapazes e fiz dois partos cesáreas por ter a tal "vagina de lua de mel"(prá mim também essa é nova).No primeiro filho,o Pedro,ainda fiquei esperando a noite toda e...nada!Não entrava,quer dizer,saía,nem agulha, que dirá um bebê.O segundo,o Davi,foi a mesma coisa. Não tive escolha!Agora,tudo bem que os médicos adoram enfiar uma cesáreazinha "pela nossa goela abaixo",mas também vejo muitas mulheres planejando o nascimento do filho para a "lua tal,com junçao não sei onde",ou para o mesmo dia do "aniversário de fulano",ou ainda "para depois da formatura de beltrano".Umas coisas assim bem práticas,sabe?!Bom, aí vem o médico e junta "a fome com a vontade de comer!"
    Quanto ao leite,já ouvi tanta baboseira também,tipo,o peito cai,o silicone sobe...e por aí vai!Já vi mães também tirarem logo do peito,às vezes nem darem,porque não têm PACIÊNCIA!É muita ignorância...

    ResponderExcluir
  5. Oi, Clara, obrigada pela visita.

    Eu também fiz uma cesárea nescessária. Meu bêbê nasceu roxinho mas deu tudo certo. Eu acho muita loucura a mulher não deixar nem entrar em trabalho de parto primeiro e depois fazer a tal cesárea. Pelo menos o corpo ta dizendo que está pronto. Mas não, é tal qual vc falou - a lua tem que estar no quadrante do sol e outras desculpas alarmantes.

    Bjkas

    ResponderExcluir
  6. OI Mari,vim fazer duas correções.Primeira,são "partos cesáreos" e não "partos cesáreas".E outra,é que na verdade,fiz duas cesáreas pela falta de dilatação do colo do útero,não tendo nada a ver com o "tipo da minha vagina".Obrigada,bj!

    ResponderExcluir
  7. Oi, Clara, obrigada aí pela correção.

    Eu também tenho um correção a fazer - ouve um mal entendido com a expressão 'vagina de lua de mel'. Não é um tipo de vagina. Não existe vagina de lua de mel. É só uma crianção de alguns médicos para convencer a paciente de que ela vai ficar com a vagina 'folgada' se fizer parto normal. Que ela não terá mais o canal vaginal estreitinho após o parto normal e a vida sexual dela vai ser dificultada. É só uma balela criada e cultivada por muitos médicos. Os exercicios para a musculatura vaginal e a retração normal regulam a estrutura do canal vaginal e não vai impedir o bom funcionamento na hora do sexo.

    A lenda da vagina de lua de mel é mais um mito tal qual o de que nem toda mulher tem leite materno.

    O problema que me impediu de fazer parto normal foi igual ao seu. Não dilatava nunca.

    Eu expliquei mal explicado. rs

    ResponderExcluir