terça-feira, 1 de junho de 2010

Radômicas

Hoje deu uma vontade louca de tosar o cabelão. E ainda não passou. E cabelo de latina descendente 'lá dos cafundós do brejo' dá uma trabalheira para ser cortado bem cortado. Só de pensar que ainda não encontrei @ cabeleireir@ do meu coração e que entende a juba que carrego me dá um desânimo de encarar salão nas bandas de cá. Cortei da última vez no Brasil com meu amigo e ex chefe. O corte de sempre. Desfiado para tirar o volume e dar forma aos cachos.

**

Um motivozinho para gostar do país que eu escolhi para morar - aqui qualquer homem maior de idade pode fazer vasectomia. No BR somente homens a partir dos 25 anos de idade com pelo menos 2 filhos vivos podem se submeter a este procedimento. Uma pena. O corpo da gente podia nos pertencer, né? Mas o boa notícia no ramo de planejamento familiar é o Essure. É simplesmente a ligação de trompas sem incisão. Em inglês aqui. Meu médico me apresentou este tipo de controle de natalidade hoje. Gostei.

**

Somente hoje o bêbê deu descarga nos pincéis, esmigalhou isopor no carpete e arremessou um briquedo contra a lata de lixo linda, prata e cromada (óia a redundância) amassando a bichinha. Tipo assim, é assim mesmo ou piora: Porque ninguém fala a verdade sobre motherhood?

Nenhum comentário:

Postar um comentário