segunda-feira, 19 de abril de 2010

Não faço o social meeermo

Toda santa vez que eu tento socializar na academia, me dou mal. É batata. Por isso, a muitos e muitos anos atrás, jurei nunca socializar em academias. De ginástica. Nesta lista inclui também os aeroportos. Sempre tem alguém querendo informações em aeroportos. E eles cismam em perguntarem a mim. E sempre são senhorinhas ou senhorinhos surdos. E tipo, a pessoa tasca a pergunta, eu começo a surtar porque a pessoa ta perguntando mas também ta afirmando coisas do tipo "o vôo tal foi mudado para amanhã ao meio dia". E trata-se do meu vôo. E eu sempre saio a cata de mais informações, praguejo no meio do caminho e no final, eram mal entendidos. E eu fico me perguntando porque eu não me finjo de morta, de surda, de muda numa horas dessas. Que não falo a língua. Porque deve ser legal ser gente boa e tentar correr atrás de informações para mim e para o atrapalhadinho que me tascou a dúvida. Mas voltando a academia. Meus motivos incluem o meu mau humor, minha falta de traquejo para lidar com estranhos, meu stress com gente que não cala a boca na hora que o treinador ta falando, os meus maus bofes com as tagarelas. A pessoa não cala a boca um minuto. Tá morrendo sobre uma bicicleta e continua conversando com o vizinho. Asssuntos urgentes, creio. Tenho vontade de enfiar uma meia suja na boca deles. Daí que não posso socializar na academia também. Fico violenta e ainda meu aproveitamento não rende. Ninguém rende nos exercícios se não cala a boca um segundo.



***

A instrutora de spinning é a cara da Sara Palin na versão loura. E ela sabe disso. E faz piada do fato. Ela é uma figura. Tem cerca de 40 anos e muita energia. Como todo mundo aqui, ela anda abusando demais dos autos bronzeadores. É uma cenourinha gritando palavras de incentivo no microfone a la Madonna e curtindo com o povo que tá malhando do outro lado. Eu pego aulas com ela a tarde. Pela manhã tem outra instrutora totalmente o oposto da Ms. Palin. Ela é filha de imigrantes da América Caribenha. É bem jovem, cabelo liso cor de canela. Totalmente calma, centrada, de voz suave e usa as músicas da Bebel Gilberto para alongar. Luxo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário